Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Intimidades Reveladas



Quarta-feira, 09.09.15

Sentir dor durante o sexo é normal?

Dispareunia é o termo médico usado para descrever a sensação de desconforto ou dor durante o ato sexual. Para sermos mais exatos, dispareunia é definida como uma dor ou desconforto constante ou persistente que inicia-se no momento da penetração, durante o ato sexual ou logo após o seu fim.

 

O vaginismo é uma das principais causas de dispareunia, sendo caraterizado pela contração involuntária dos músculos da vagina, o que dificulta a penetração e causa dor durante o ato sexual. O vaginismo tanto pode ser a causa como uma consequência da dor durante do sexo.

O QUE É DISPAREUNIA

Como já referido na introdução do artigo, a dispareunia é o termo usado para descrever os casos de dor recorrente durante o ato sexual. Na verdade, a dor pode surgir com qualquer tipo tipo de penetração, seja no ato sexual, na introdução do espéculo durante o exame ginecológico ou mesmo na hora de usar um absorvente interno.

A dispareunia é considerada primária quando ela surge desde a primeira relação sexual e persiste por toda a vida. Por sua vez, quando a mulher passa a sentir dor durante o ato sexual após anos de relações satisfatórias e indolores, a dispareunia é chamada de secundária. A dispareunia também pode ser chamada de situacional, quando ela ocorre somente com determinados parceiros.

A dor durante o ato sexual é muito comum e pode ocorrer de forma frequente em até 20% das mulheres. O pico de incidência parece ocorrer entre os 20 e 30 anos. Após a menopausa, com o ressecamento da vagina pela carência de estrogênio, a incidência da dispareunia volta a crescer.

CAUSAS DE DOR DURANTE O ATO SEXUAL
A dispareunia pode ter causas físicas, tais como inflamações ginecológicas, infecção urinária, lesões da pele ao redor da vulva, mioma uterino, etc. Nestes casos, o tratamento direcionado para o problema costuma resolver a dispareunia.

Mas a dor durante o ato sexual também pode ter origem em fatores psicológicos, sem que possa ser possível identificar uma causa óbvia para a dor que a mulher sente durante a relação sexual.

Os principais fatores de risco para a dispareunia de origem psicológica são:

Depressão.
Ansiedade.
Estresse.
História de abuso sexual.
Educação repressora.
Crença religiosa muito rígida.
Baixa autoestima.
Sentimento de culpa em relação à sexualidade.
Falta de desejo sexual pelo parceiro.

Já as principais causas de dispareunia nas quais há um componente físico identificável são:

Doença inflamatória pélvica
Doença sexualmente transmissíveis
Infecções ginecológicas
Infecção urinária
Cistite intersticial
Menopausa
Endometriose
Mioma uterino
Má formações da vagina.
Lesões do trato ginecológico (por acidente, estupro, radioterapia ou cirurgia prévia).
Dermatites na região ao redor da vulva.
Medicamentos que reduzem a lubrificação vaginal (antidepressivos, anti-hipertensivos, sedativos, anti-histamínicos e alguns anticoncepcionais orais).

Toda mulher que apresenta dor durante a relação sexual, seja ela nova ou antiga, deve procurar o seu ginecologista para que ele possa fazer uma investigação detalhada das suas causas.
(com informações do site MD Saúde)

 

fonte:http://www.bonde.com.br/?i

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por adm às 20:32




Pesquisar

Pesquisar no Blog