Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Intimidades Reveladas



Sexta-feira, 29.05.15

Posições sexuais exageradas pedem preparo físico; saiba como agir

Falar sobre sexo ainda é desconfortável para muitas pessoas, mas ele faz parte do nosso dia a dia e é preciso discutir abertamente o assunto. Um dos temas mais evitados são as posições usadas para praticá-lo. Quando o clima esquenta, tem gente que se empolga e acaba forçando o corpo a posições que podem prejudicar a coluna, causar dores musculares, torcicolos, hematomas e torções. Portanto, se você pretende aderir às posições do Kama Sutra ou ao chamado sexo selvagem, melhor preparar o seu corpo primeiro.

Nos últimos anos, muito tem sido discutido sobre os benefícios proporcionados pela prática de sexo. Mas apesar de estar associado ao prazer e ao bem-estar, o ato sexual também pode ser sinônimo de sofrimento, pois pode agravar lesões crônicas em pessoas que já possuem problemas na coluna vertebral, assim como gerar novas lesões. O alerta é do quiropraxista Jason Gilbert, autor do livro "O Segredo da Coluna Saudável". O assunto é tão sério, que Gilbert reservou um capítulo exclusivamente para falar sobre as posições que podem fazer mal para a coluna.

Segundo o autor, os danos causados pelos movimentos repetitivos, rápidos, bruscos e intensos realizados durante o ato sexual podem ser mascarados completamente devido aos efeitos das endorfinas, que circulam nesse momento em nosso corpo. "Elas possuem um potente efeito analgésico, que encobre as dores e as crises incapacitantes. Quando passa a euforia e ação das endorfinas surgem as dores e as crises", esclarece Gilbert.

Esta já é uma boa razão para você preparar seu corpo para o sexo, da mesma forma que o prepararia para qualquer outro exercício ou atividade física. Pessoas com melhor forma e elasticidade têm menor risco de lesão. Exercícios e alongamentos feitos regularmente protegem a sua coluna (e o corpo todo!) durante a relação sexual.

Reprodução
Reprodução



Gilbert recomenda que as pessoas escutem seu corpo nesse momento e, caso apareça alguma dor, pare imediatamente e troque de posição. "Lembre-se de que a dor indica que algo não está bem, então seria imprudente e irresponsável continuar. Quando trocar de posição e desaparecer a dor, ainda assim é importante 'tomar fôlego' e parar um pouco para soltar e alongar".

O especialista alerta ainda que muitas pessoas, quando não respeitam esses sinais e não interrompem o ato, chegam a ficar com a coluna 'travada' e muitas acabam precisando até mesmo de atendimento médico!

Para quem ainda não leu o livro, o autor lista algumas dicas de como sentir prazer sem prejudicar o corpo.

Colchões inapropriados podem causar ou piorar os problemas da coluna. Colchões de espuma de densidade baixa ou colchões de água não fornecem o apoio adequado para distribuir a carga entre as articulações durante o sexo, pois a superfície é instável.

Algumas posições agradarão mais a sua coluna do que outras, caso você esteja com dor ou se recuperando de alguma lesão. Geralmente, se a pessoa lesionada está por baixo e o corpo consequentemente não move muito, o risco de agravar o problema é menor. Use bom senso na escolha de posições, lembrando que aquelas que promovem extensão ou flexão exagerada por muito tempo são mais prejudiciais para a coluna.

Se por algum motivo, mesmo seguindo essas recomendações, você sentir dores depois da relação, faça compressas com gelo por 20 minutos no local. Isso ajuda a evitar inflamações.

 

fonte:http://www.bonde.com.br/?i

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por adm às 22:49




Pesquisar

Pesquisar no Blog