Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Intimidades Reveladas



Terça-feira, 19.08.14

As dez desculpas (ou reações) mais clássicas na hora da broxada (falhanço)!

Nunca aconteceu com comentaristas de internet.

Mas pode ter acontecido com algum parente próximo ou amigo do Face.

Afinal, broxar humanum est.

"Se na hora da cama nada pintou direito" (isso é do Caetano Veloso), natural que você  pense em uma saída digna.

Sim, amigo. Não é moleza - embora seja.

Por isso, tentei reunir  aqui algumas das desculpas, reações e motivações (ou falta de...) mais clássicas neste instante de grande fragilidade e desconforto:

A anatomia de uma broxada:

1 - Stand-up Comedy
Tem quem se defenda com uma piada  para aliviar o constrangimento do momento. Quem tente mostrar que é bom no stand-up (ops!) comedy e inicie uma sessão tortuosa de comentários espirituosos sobre sexo e falta de ereção. Sei de uma história de um sujeito que começou a imitar a voz do Pelé naquela velha propaganda de Viagra. Claro, não funcionou. Fingir que o seu pinto é uma marionete também não traz bons resultados. Humor é fundamental, mas é preciso ter talento.

2 - Carteira de trabalho
Muitos lembram do patrão, do chefe ou do gestor neste momento de delicadeza. A culpa é da pressão no trabalho, das horas extras, da competitividade no ambiente corporativo. Ou seja, você só vai conseguir transar quando estiver desempregado ou de férias. É isso? Não. Deixe o escritório pra trás e respire fundo.

3 - Eu era um ébrio da bebida
Taí, a culpa é do álcool. Sempre dele. Você precisa tomar um trago a mais para chegar na gata e quando consegue... Pois é, o álcool, essa maravilha da humanidade, tem o poder de te colocar na cara do gol, mas, com certa frequência, pode fazer com que você perca o pênalti. Beba com moderação. Mas se beber, durma sozinho.

4 -  Churrascaria boi na brasa
Sexo e churrasco só combinam em filme pornô. Na vida real, bater aquela costelinha de porco e depois tentar interpretar um iron man na cama é pura ilusão. Sei lá, talvez o corpo não consiga misturar digestão e ereção com tanto sucesso. Tente um buffet de salada e seja feliz.

5 -  A culpa
Mano, não seja ridículo. O pinto é seu. A culpa não é dela. Assumir uma broxada é uma prova de caráter. Culpar sua parceira é pior do que broxar. Se liga!

6 - Ah, o amor
O amor pode atrapalhar. Sexo sem compromisso é mais "cuca fresca", mais relaxado e sem pressão. O amor, ah, o amor, o amor pode criar fantasmas, dragões que cospem fogo e monstros intangíveis. Meninas, acreditem, existe a chamada broxada romântica.Talvez, eu disse talvez, esse cara triste e cabisbaixo ao seu lado te ame demais. Neste caso, tenha paciência. A tendência é que, em algum momento, ele te tire do pedestal e te jogue na cama (ou sofá ou chão ou pia). Daí, certeza que vai ser legal.

7 - Papai e mamãe
Não a posição sexual! Não! Mas a imagem de parentes rondando a cama é assustadora. Ela parece sua mãe? Você lembra muito o pai dela? Esquece. Não vai rolar nada. Conversem  sobre isso e procurem um bom terapeuta.

8 - A vida não é filme e você não entendeu
Você acha que a expectativa dela é que você transe como um ator pornô? Não, não! Pensar na performance é uma cilada, amigo. Um grande ator não pensa ou racionaliza cada cena que faz no teatro ou no cinema. O grande ator simplesmente vai lá e faz.

9 - Boas e más línguas
Abençoadas sejam as preliminares. Tem quem se demore nas brincadeiras para disfarçar o corpo morto entre as pernas. Boa estratégia para ganhar tempo, mas, acredite, em algum momento ela vai perguntar: " e aí?"

10 - Seja leve e, se for o caso, procure um médico.

 

fonte:https://br.mulher.yahoo.com/b

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por adm às 23:11




Pesquisar

Pesquisar no Blog